Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Projeto Integração leva alunos da PUC Idiomas para pizzeria

O Italiano foi a língua da vez da atividade, que reúne semestralmente os estudantes da escola

© by Ana Paula Abrão

Visando a comunhão dos estudantes de todas as suas turmas e línguas, a PUC Idiomas promoveu na noite desta quarta-feira, 24, mais uma edição do Projeto Integração, na Dino’s Pizzeria, no Setor Nova Suíça. Nesta edição do evento, que é semestral, a língua da vez foi o Italiano.

O espaço foi escolhido para proporcionar uma aproximação cultural por meio da culinária. Na pizzeria, os pratos se destacam pela aproximação com a realidade vivida por Dino – o dono – em sua terra natal, na Itália. Como resultado, o ambiente se difere na apresentação e traz bandeiras do país natal e do Brasil. Em todos os cantos do espaço, é possível sentir o cheiro de queijos, tomate, azeite e manjericão. Por conta da recepção dos alunos e professores da escola, imagens e músicas de cantores italianos, dos mais conhecidos como Andrea Bocelli e Laura Pausini, aos mais distantes do nosso dia a dia brasileiro, completam a experiência, pensada com exclusividade para o momento, que foi ofertado aos alunos com valor e formato especiais.

“Nós procuramos fazer uma pesquisa muito rica, buscando locais que tenham ligações com as línguas e temos alcançado boas oportunidades”, explica a coordenadora da PUC Idiomas, professora Angélica Ayres. “É um evento pensado para fazer com que os alunos se conheçam, compartilhem experiências e, no caso de hoje, que ouçam músicas em italiano, que de repente conversem com o empresário, que é do país”, comenta.

Já tradicional na escola, a atividade parece agradar. “A gente interage com pessoas do curso, com alunos de outras línguas em um ambiente que não seja de escola”, enaltece Sandra Oliveira, que já está no nível intermediário da língua após buscar no aprendizado da língua uma oportunidade de se reconectar com as raízes de sua família italiana. “Sou descendente. Convivi com o italiano bem na infância e queria retomar, visitar o país”, diz. Desde que começou, já foi à Itália duas vezes e deve retornar em 2020.

  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (3)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (5)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (6)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (9)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (10)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (11)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (13)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (19)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (25)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (30)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (31)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (35)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (38)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (39)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (41)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (43)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (44)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (47)
  • 190424 - Noite italiana - projeto integração Puc idiomas - ap (49)

Fotos: Ana Paula Abrão