Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Palestra busca prevenção de suicídio

© by Weslley Cruz

Com o tema Suicídio múltiplos olhares, a PUC Goiás realizou palestra na última terça-feira, 9, para acadêmicos da área de saúde. O objetivo foi trazer a multidisciplinaridade para o entendimento das situações de risco, em especial as doenças mentais, para o suicídio.

Palestrante da noite, a professora e dra. em Psicologia Kátia Macedo trouxe o olhar da psicanálise e dados epidemiológicos sobre o tema. Segundo ela, o combate às tentativas de suicídio deve ser feito a partir do fortalecimento das redes de apoio social. “Temos que entender quais os sintomas e habilitar as pessoas da comunidade para identificar e oferecer suporte seja na família, na escola ou nos grupos sociais”.

Além do suporte, é preciso promover políticas públicas de prevenção e assistência nestes casos. “Todas estas estratégias vêm somar no suporte ao paciente que corre o risco de suicídio”. Ela lembrou que não apenas os pacientes com depressão, mas também outros transtornos podem acabar tentando tirar a vida.

Já a médica doutora Andiara de Saloma, também professora da PUC, falou para o público sobre como o tema é negligenciado pela maioria das pessoas. “Nós mesmos fechamos os olhos até pra gente mesmo e como a gente pode mudar esta postura e como a gente realmente ajuda para prevenir”.

Ela destaca que os sinais podem ser variados. Geralmente, a pessoa tem algum transtorno mental e inúmeras situações que favorecem para que ela chegue a atentar contra a própria vida. Então, atenção para agressividade ou comportamentos não adequados, isolamento social e outros.

  • DSC_6454
  • DSC_6487
  • DSC_6456
  • DSC_6486
  • DSC_6464
  • DSC_6467
  • DSC_6476
  • DSC_6478
  • DSC_6481
  • DSC_6489
  • DSC_6482
  • DSC_6496
  • DSC_6499
  • DSC_6475
  • DSC_6530
  • DSC_6512
  • DSC_6547

Fotos: Weslley Cruz