Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Psicologia integra graduação e mestrado em aula inaugural

Atividade também marca aniversário de 45 anos do curso de Psicologia e duas décadas de história da pós-graduação

O curso de graduação e o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC Goiás realizaram, de forma integrada, nesta sexta-feira, 15, a aula inaugural dos seus semestres letivos. No turno matutino, a programação foi prestigiada por gestores, docentes e acadêmicos que lotaram as Salas Multiuso da Área 4, para conferir a palestra proferida pelo coordenador da área de Psicologia da Capes, prof. Gerson Yukio Tomanari, que abordou o tema A importância da inserção social para a pós-graduação e a qualificação da Psicologia.

As atividades também vão ao encontro das comemorações pelos 45 anos do curso de Psicologia e 20 anos do Programa. É o primeiro da área na região Centro-Oeste, criado 11 anos após a regulamentação da profissão de psicólogo no Brasil, que, curiosamente, foi o primeiro país no mundo a oficializar as atividades dessa categoria profissional. Socializando essas informações, a pró-reitora de Graduação da universidade, profa. Sonia Margarida Gomes Sousa destacou o pioneirismo da instituição na formação do psicólogo. O mestrado, criado em 1999 foi, também, o primeiro em Goiás.

Ela também pontuou a relação intrínseca entre a graduação e a pós-graduação, que qualifica a formação do estudante: “a graduação se beneficia de toda essa fortaleza que o programa de pós-graduação exige e requer, então é um lugar que promove a socialização do conhecimento estabelecida na Psicologia e, sobretudo, um lugar de produção do conhecimento. É um diferencial enorme e só uma instituição com 60 anos de existência tem condições de oferecer aos estudantes”, refletiu.

Os coordenadores do curso de graduação e mestrado em Psicologia, profa. Juliany Gonçalves Guimarães e prof. Cristiano Coelho, respectivamente, destacaram a relevância da inserção do acadêmico na pesquisa e extensão, experiência que somada ao ensino, sustenta o tripé da universidade. “Além de ter uma atuação mercadológica é um curso muito tradicional na pesquisa, como também, na inserção do estudante na lato (especialização) e stricto sensu (mestrado e doutorado)”, ressaltou Juliany.

O docente Darlan Tavares Feitosa, coordenador da Stricto Sensu na universidade e o diretor da Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Renato Sandoval, também prestigiaram as atividades no turno matutino. A aula inaugural ocorre novamente no turno noturno, às 19 horas, no auditório da Área 4, onde será discutido o tema Diálogos sobre a mídia atual: ensaios pós-construcionistas em Psicologia Social. Participa da discussão, o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFPE, prof. Benedito Medrado.