Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Fapeg tem novo presidente

Pesquisador é da área de Engenharia Elétrica e foi nomeado no dia 8

O pesquisador Robson Domingos Vieira tomou posse como presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg). A nomeação, por parte do governador Ronaldo Caiado, foi publicada no suplemento do Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 8 de fevereiro de 2019.

A Fapeg atua no fomento às atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação que possam contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e cultural do Estado, conforme explicitado na Lei n° 15.472, de 12 de dezembro de 2005 – a Lei de Criação da Fapeg. A Fundação possui personalidade jurídica de direito público, com autonomia administrativa e financeira prevista na lei, e orçamento vinculado à receita líquida do Estado, na proporção de 0,5%, estabelecida na Constituição do Estado de Goiás de 1989, nos arts. 158 e 168.

Dentro do escopo de suas atividades, a Fapeg atua no financiamento de projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação e​ no incentivo à capacitação de recursos humanos para a ciência e tecnologia, por meio de bolsas em diversos níveis de formação. Trabalha, também, na integração entre o setor empresarial e as instituições de pesquisa e desenvolvimento; no estabelecimento de parcerias com órgãos federais de fomento à pesquisa (CNPq, Finep, Capes, entre outros), parcerias com outras Fundações de Amparo à Pesquisa no Brasil (FAPs) e entidades científicas de todo o mundo. E, ainda, na fixação e consolidação de grupos de pesquisa científica e tecnológica e na indução de programas especiais de pesquisa e inovação, com vistas ao desenvolvimento científico e tecnológico do Estado de Goiás.

De acordo com o presidente da Fapeg, Robson Vieira, a Fundação vem contribuindo para o crescimento da pesquisa realizada em Goiás, que hoje é reconhecida em todo o País e internacionalmente. Segundo ele, a nova gestão deverá ser pautada no crescimento do fomento à pesquisa aplicada e voltada à inovação e na continuidade de ações. “Vamos trabalhar para honrar os compromissos assumidos, colocar os pagamentos em dia e fazer avançar especialmente a questão da pesquisa aplicada e da inovação. Teremos um olhar especial para a ciência que gera conhecimento, riqueza e desenvolvimento para nosso Estado”, ressalta.

(Informações da Assessoria de Comunicação Social da Fapeg)