Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Professor é reconhecido em premiações europeias por suas aquarelas

Fernando Simon compartilha experiência com acadêmicos da Escola de Artes e Arquitetura

Professor da Escola de Artes e Arquitetura da PUC Goiás, o arquiteto e artista plástico Fernando Simon [Antônio Fernando Banon Simon], tem colhido os frutos de seu trabalho autoral nas artes. O professor, que voltou a desenhar em 2015, foi reconhecido por duas premiações internacionais recentemente.

A aquarela Tarde foi uma das 12 selecionadas entre 2.500 obras de todo o mundo para integrar o calendário e o catálogo de uma empresa alemã, especializada em papéis especiais. O resultado já pode ser visto em diversos países. “Para mim também foi da maior importância, a medida que ultimamente tenho investido muito nisso, pesquisando, descobrindo novas técnicas e me aventurando por essas áreas que muito me interessam”, explica.

Neste ano, outra conquista já foi anunciada. O professor viaja em abril para Fabriano, na Itália, onde ocorrerá o evento Fabriano in Acquarello, que premiou Fernando Simon pela obra A Antena. A premiação ocorre de 17 a 24 de abril e suas obras serão expostas em museus do país.

Sobre a experiência internacional, o professor destaca o aprendizado no convívio com outros artistas, de diversos países, culturas e técnicas. “É um eterno aprendizado”, diz. O resultado tem sido compartilhado com os acadêmicos da Escola de Artes e Arquitetura, onde leciona. “É uma experiência que tenho levado para a sala de aula”.

Confira a reportagem feita pela PUC TV Goiás: