Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Oficinas trabalham educação alimentar com pais e educandos do Alfadown

Ação de discussão em grupos faz parte de estratégias de emancipação dos educandos, a partir de temas de saúde, bem estar e cidadania

© by Weslley Cruz

Alinhando a educação alimentar como um de seus eixos, o Programa de Referência em Inclusão Social (Pris) promoveu nesta semana mais uma atividade integradora entre programas. Na terça-feira, 18, e nesta quina-feira, 20, o Projeto Infantil Gastronômico (PIG) realizou uma oficina com os pais e familiares participantes dos grupos psicoeducativos do Alfadown.

A atividade trouxe informações básicas sobre alimentação saudável e serviu como ferramenta de apoio aos pais e familiares dos educandos matriculados no Alfadown, que também passam, este mês, por atividades sobre o tema. “Todo alimento tem uma funcionalidade. É por isso que a gente ouvia nossas avós falarem que feijão bom era o feito em panela de ferro, por exemplo”, disse o professor do PIG, Alessandro Silva.

Guiados pela fala do professor, que tirava as dúvidas que surgiam entre os participantes, grupos de alunos voluntários apresentavam famílias de alimentos, apontando vantagens no seu consumo. “Queremos, na verdade, fortalecer a autonomia dos educandos, para sua inclusão de fato. Os pais tem papel fundamental nesse processo e, tendo a informação, podem continuar a discussão em casa e nos outros espaços onde esse educando está inserido”, afirma a coordenadora do Alfadown, professora Luciana Novais.

Outros trabalhos conjuntos

Enquanto o PIG preprara um guia alimentar que poderá ser utilizado pelo grupo de pais e familiares, o Alfadown prepara outras atividades integrativas entre pais e filhos. Para o mês de outubro, por exemplo, a questão política estará em pauta, é os próprios alunos vão se candidatar e eleger o representante da turma. Os pais entrarão como assessores, ajudando na composição dos planos de governo com foco nas melhorias ao Alfadown. “Todas as atividades que desenvolvemos têm esse objetivo de autonomia, de fazer com que o conhecimento não seja vivido só aqui dentro, mas que siga lá fora”, explica a professora.

  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (179)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (77)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (67)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (6)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (135)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (9)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (129)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (23)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (32)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (172)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (37)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (43)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (101)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (45)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (14)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (64)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (111)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (125)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (44)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (128)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (131)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (99)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (134)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (141)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (148)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (159)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (193)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (55)
  • 180919 - oficina gastron. pig - alfadown pris - wc (183)

Fotos: Weslley Cruz