Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Trabalho voluntário ajuda na criação de jacarés

Diretora da Liga Acadêmica de Zoologia e estudante do curso de Ciências Biológicas da PUC Goiás, Lhayza Monnique Cruvinel Arantes, volta das férias com uma experiência diferente na bagagem acadêmica. Ela foi voluntária no Biocroc Brazil, de 11 a 27 de julho, um projeto de criação de jacarés em São Miguel do Araguaia, em Goiás.

No local, ela trabalhou com manejo de jacaré Açu (melanosuchus niger) em cativeiro, o que incluiu auxílio nos cuidados na alimentação, biometria e marcação dos jacarés e limpeza dos recintos. “O projeto é uma criação de jacarés. O sistema ranching é uma coleta de ovos para a recria em cativeiro. As cotas de coleta são autorizadas após a apresentação de censo e estimas populacionais que são feitas anualmente e liberadas pelos órgãos ambientais em uma porcentagem que pode chegar  a 40%”.

Para Lhayza, a experiência ensinou mais sobre as características morfológicas e o comportamento do jacaré. Apaixonada por Zoologia, ela quer trabalhar com Herpetologia, vertente responsável por estudar os grupos de anfíbios e répteis. Já de volta à Goiânia, ela regressa para a sala de aula a partir do dia 6 de agosto, com todos os veteranos da universidade.