Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Projeto Identidade discute docência católica

Reunião com professores da PUC apresentou novo projeto, que discute o DNA da institução

© by Weslley Cruz

Mais de 400 pessoas, entre docentes e gestores, participaram no sábado, 24, do segundo encontro do projeto Identidade da PUC Goiás com palestra do professor e ex-reitor da PUC Paraná, Clemente Ivo Juliatto, que falou sobre formação dos acadêmicos. O público-alvo foi formado por professores contratados a partir de 2014.

Para o professor Juliatto, autor de várias obras sobre o exercício da docência, a formação integral dos estudantes passa pela formação também voltada para a espiritualidade. “Esta é a diferença de ser uma instituição católica, o pensamento cristão e o compromisso com o futuro destas pessoas e da comunidade”, afirmou ele. Em sua palestra, lançou desafios para o exercício profissional. “Temos que nos cultivar para sermos pessoas do bem e revelar no outro o bem que já existe”.

O evento, aberto pelo reitor Wolmir Amado, contou com reflexão e oração do grão-chanceler da PUC Goiás, dom Washington Cruz, e palestra da vice-reitora Olga Ronchi. Para o arcebispo, está no DNA da instituição os princípios éticos, valores, a localização, a missão e a história da PUC Goiás. “É preciso que a universidade brilhe com nosso exemplo e nossa atuação e que todos se sintam pertencentes a este projeto maior, que tem em sua missão educar e construir um espírito comunitário na universidade”, explicou dom Washington.

O aprofundamento e o crescimento na identidade profissional são os principais objetivos do projeto, que passa pela fase inicial com encontros com toda a universidade e será seguida por grupos focais e temáticos para a formação de todo o corpo docente e administrativo da instituição, de acordo com a área de formação e atuação. O professor Wolmir Amado, anfitrião da manhã de trabalho, explica que este é um momento forte de construção comunitária. “O projeto expressa transparência, colegialidade, participação, envolvimento e comprometimento coletivo com a instituição. Hoje precisamos envolvê-los neste momento de formação, que tem várias dimensões, pedagógica, ética e espiritual, e que depois isso possa ser ressignificado dentro de cada escola, de cada curso e de cada matriz curricular”.

Os professores também estão sendo preparados para a universidade do futuro com foco na formação de novas lideranças. “É uma grande quantidade que chega como promessa e esperança que para eles, já hoje, poderem conduzir a universidade amanhã. O melhor é convivermos juntos e formá-los para a direção do ensino, da pesquisa, da extensão e a direção da missão, que precisa ser transmitida não só com palavras, mas com processos vivenciados. A universidade do futuro depende dos quadros formados agora”.

Thatiana Marques Leão, professora do curso de Direito da PUC Goiás, está neste futuro da instituição e ficou satisfeita com a partilha do projeto. “Importante passar para os nossos alunos a responsabilidade social que é fazer uma universidade no Brasil. Temos que nos preparar para isso”, explica ela.  Também participou do evento a professora Lorena Caixeta, da Escola de Engenharia, efetivada a partir de 2014. “Hoje a gente se sente PUC de verdade e saber a missão é essencial a vida da gente. Temos pessoas para cuidar com o saber e isso é muito importante. Para mim, é um momento especial e particular, porque sou arquiteta pela universidade e agora, professora. Eu me sinto muito valorizada pela instituição”.

O evento foi finalizado com a vice-reitora, professora Olga Ronchi, que falou sobre a docência a partir dos ensinamentos de Jesus Cristo e da visão e missão da universidade. “Temos que pensar nas exigências dos desafios que estão postos para um professor da PUC Goiás, não só enquanto um formador, como um professor que deve buscar sempre a construção da excelência acadêmica na sua prática profissional docente, mas para além disso, que diferença faz ser professor em uma instituição católica. Vamos refletir sobre a exigência de uma sabedoria cristã, que ilumine não só o projeto pedagógico da instituição, mas também o fazer docente”, explicou ela.

O objetivo principal do projeto Identidade, lançado no dia 10 de setembro, é a promoção de ações junto a professores, funcionários e estudantes para o aprofundamento do senso de pertencimento e a assimilação dos princípios, valores, missão e também do plano de desenvolvimento institucional e do projeto educativo da universidade.

  • dsc_9437
  • dsc_9904
  • dsc_9865
  • dsc_9793
  • dsc_9815
  • dsc_9827
  • dsc_9860
  • dsc_9896
  • dsc_9928
  • dsc_9935
  • dsc_9945
  • dsc_9913
  • dsc_9991
  • dsc_9952
  • dsc_9993
  • dsc_9971
  • dsc_9974
  • dsc_9984
  • dsc_9992
  • dsc_9996
  • dsc_9997
  • dsc_0004
  • dsc_0011
  • dsc_9994
  • dsc_0014
  • dsc_9989
  • dsc_0020
  • dsc_0037
  • dsc_0061
  • dsc_0071
  • dsc_0073
  • dsc_0080
  • dsc_0093
  • dsc_0103
  • dsc_0105
  • dsc_0108
  • dsc_0110
  • dsc_0116
  • dsc_0124
  • dsc_0126
  • dsc_0128
  • dsc_0138
  • dsc_0142
  • dsc_0145
  • dsc_0150
  • dsc_0177
  • dsc_0174
  • dsc_0178
  • dsc_0184
  • dsc_0187
  • dsc_0206
  • dsc_0218
  • dsc_0221
  • dsc_0226
  • dsc_0235
  • dsc_0238
  • dsc_0245
  • dsc_0264
  • dsc_0251
  • dsc_0275
  • dsc_0279
  • dsc_0310
  • dsc_0292
  • dsc_0314
  • dsc_0316
  • dsc_0320
  • dsc_0323
  • dsc_0326
  • dsc_0140
  • dsc_0331
  • dsc_0333
  • dsc_0354
  • dsc_9490
  • dsc_9506
  • dsc_9521
  • dsc_9558
  • dsc_9581
  • dsc_9584
  • dsc_9589
  • dsc_9595
  • dsc_9601
  • dsc_9608
  • dsc_9634
  • dsc_9637
  • dsc_9639
  • dsc_9674
  • dsc_9657
  • dsc_9701
  • dsc_9721
  • dsc_9738
  • dsc_9763
  • dsc_9767
  • dsc_9784

Fotos: Weslley Cruz