Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Estação Arte e Cultura amplia atividades

Presente em vários pontos da Jornada da Cidadania, atividades levam performances, exposições e outras atividades ao público que passa pelo Centro de Convenções PUC

© by Ana Paula Abrão

Com atividades no palco principal, montado do 1º pavimento do Centro de Convenções PUC (CCPUC), e também em outros pontos da 5ª edição da Jornada da Cidadania da PUC Goiás, a Estação Arte e Cultura leva ao público que passa pelo evento a oportunidade de lazer e alegria.

Neste ano, como informa a coordenadora de Arte e Cultura da universidade, profa. Beth Barros, a programação foi ampliada. Ela explica que além de alunos e grupos de criação e de produção da Coordenação de Arte e Cultura (CAC), nesta edição a Estação fortaleceu a presença de parceiros e da comunidade. “Temos a participação das secretarias de Cultura de Goiânia, Aparecida de Goiânia e de Senador Canedo e atividades artísticas com a comunidade de Hidrolândia, Goianira e Porangatu”, enumera.

Beth cita ainda que pelo menos 300 alunos da CAC estão mobilizados nas atividades, que incluem performances e exposições. “Os grupos de canto coral, dança, fotografia, teatro e desenho também estão mobilizados”, acrescenta.

As atividades estão espalhadas por toda a Jornada, como na Vila Cenográfica do Memorial do Cerrado e nos pontos  de acesso ao Centro de Convenções PUC. “Esse é mais um espaço para solidificar, concretizar a importância da formação integral dos seres humanos. Onde tem pessoas, tem arte e cultura”, analisa a coordenadora.

Atrações

Na tarde desta sexta-feira, 25 – segundo dia do evento – movimentaram o palco atrações como o coral de idosos da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), parceira da PUC Goiás na Jornada.

O grupo entoou canções do sertanejo raiz e o som da viola e a sanfona encantou o público. A estudante de Direito Jordana dos Reis Moraes, estudante do 10º período de Direito, aprovou a apresentação.

“Eles estavam muito empolgados, essa é uma idade que muitas vezes a pessoa fica desanimada. Além disso, eles cantaram músicas que mexem com a gente”, disse, referindo-se a canções conhecidas como cancioneiro sertanejo, como Chalana e Saudade da minha terra.

Programação

A ação comunitária segue até sábado, 26, com serviços e atividades gratuitos no Câmpus II da PUC Goiás, no Jardim Mariliza. Com o envolvimento de toda a comunidade acadêmica – alunos, professores e funcionários administrativos – a PUC Goiás e seus parceiros recebem o público e mobilizam nas diversas Estações, além de participar ativamente da Feira da Solidariedade e dos Jogos Universitários.

Histórico

Criada em 2005, como Semana de Cultura e Cidadania, as 12 primeiras edições de evento ocorreram na Área 1 da PUC Goiás, no Setor Leste Universitário. O formato foi ampliado e, em 2013, foi realizada a 1ª Jornada da Cidadania. A partir de 2015, em sua segunda edição, a ação comunitária passou a ser realizada do Câmpus II, no Jardim Mariliza.