Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Jornada tem serviços jurídicos com consultas e resolução de conflitos

Instituições parceiras garantem atendimento completo

Um dos espaços mais procurados da Jornada da Cidadania, a Estação Jurídica, no último piso do Centro de Convenções PUC, congrega serviços de atendimento jurídico, como consultas, orientações, encaminhamentos, resolução de conflitos e ajuizamento de ações. Só no primeiro dia foram 250 atendimentos completos.

Com parceria do Tribunal de Justiça, do Ministério Público e da Associação de Peritos Contábeis, a Estação oferece atendimento jurídico complexo nas áreas civil, previdenciária e criminal com presença de juízes e promotor prontos a oferecer solução rápida de processos que podem levar até dois ou três anos pelos trâmites regulares.

Segundo o coordenador da Estação, o professor Wellington de Bessa, a estação congrega o trabalho de diversos profissionais, que oferecem celeridade para resolver questões como divórcio, regulamentação de guarda, fixação de alimentos e outros. “É um trabalho importante para a comunidade com acesso gratuito”.

A auxiliar de cozinha Adriana Evangelista de Jesus foi informada pela televisão do trabalho da Estação Jurídica na Jornada da Cidadania e esteve presente nesta sexta-feira no local para consolidar o divórcio depois de 17 anos de casada. “Foi uma facilidade e resolveu a nossa situação”, disse ela sobre a relação com o ex-marido, de quem está separada desde o ano passado.

Até o sábado, a Estação funcionará durante todo o dia. Para ser atendido, importante chegar das 8h às 16 horas. A 5ª Jornada da Cidadania, promovida em parceria com a Arquidiocese de Goiânia, oferece centenas de atividades e serviços gratuitos para a população da grande Goiânia com o objetivo de possibilitar acesso às milhares de pessoas que passam pelo no Câmpus II da universidade da instituição, no Jardim Mariliza, a momentos de lazer, alegria e cidadania.