Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Minicursos e oficinas gratuitas atraem público da Jornada

Programação da Estação do Conhecimento já registra aumento de demanda; pela primeira vez, formações gratuitas serão ofertadas no sábado

Além de reunir serviços gratuitos em diversas áreas, a Jornada da Cidadania é espaço para a formação continuada de estudantes da universidade e pessoas da comuidade. Com mais de 260 minicursos, oficinas e seminários, a Estação do Conhecimento segue até sábado, 26, em diferentes espaços do Câmpus II, no Jardim Mariliza.

Em comparação ao ano passado, a oferta de formações gratuitas e abertas cresceu em quantidade e qualidade. “A estação cresceu muito, está extremamente diversificada e com uma procura enorme”, revelou a coordenadora do Instituto Dom Fernanda (IDF), Elizabete Bicalho, responsável pela área, neste primeiro dia de evento.

Nesta edição, professores, funcionários administrativos, alunos e egressos da universidade puderam propor minicursos, que deveriam despertar o interesse da comunidade a partir de eixos temáticos como saúde, educação, comunicação e direitos humanos.

Entre as opções desta quinta-feira, 24, a oficina Estresse e suas implicações à saúde e qualidade de vida da população acadêmica, ministrada por integrantes da da Liga Acadêmica do Riso da PUC Goiás. “É um tema muito abrangente, que muitas pessoas conhecem um pouquinho, mas ainda sem ter ideia de suas consequências”, explicou a vice-diretora, Sarah Ingrig Lima, acadêmica do 9º período do curso de Enfermagem.

Durante a formação, Sarah e seus colegas apresentaram opções para prevenir o estresse, além de comentar as consequências de ignorar os sinais. Segundo o grupo, são três fases principais para a percepção do estresse: a fase de alerta [em que você se percebe irritado, mas não tem prejuízos de saúde], a fase de resistência [seu corpo começa a enviar avisos mais fortes com dores como enxaqueca e gastrite] e a fase da exaustão [casos mais graves, onde o corpo “para” para que você não o prejudique mais: causa acontecimentos como AVC e infarto]. “Pode demorar menos de um ano entre a primeira fase e a terceira, mas demoramos muito mais para reestabelecer a saúde”, alerta.

Programação

Os minicursos seguem até sábado. Amanhã, 25, ocorrem nos três turnos: 8h às 11h, 14h às 17h e 18h às 21 horas. No sábado, 26, das 8h às 11h e 14h às 17 horas. As inscrições são feitas nas portas das salas de aula.

Entre as opções, os minicursos Fraternidade e superação da violência, ofertado nos três turnos desta sexta-feira, na sala 204 do Bloco S, Mídia e direitos humanos, no sábado de manhã, na sala 103, e Como falar em público, no mesmo dia e horário, na sala 206. A programação completa pode ser consultada clicando aqui.

Experiência

Na última edição, passaram pelo Câmpus II mais de 160 mil pessoas. A iniciativa contabilizou mais de 850 mil atendimentos. Além dos serviços, a ação comunitária é também um momento de aprendizado para os mais de 21 mil alunos da instituição. Tem sido assim desde 2005, quando o evento foi criado, então Semana de Cultura e Cidadania, e ocorria na Área 1, no Setor Leste Universitário.