Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

PUC inicia participação na campanha de vacinação contra a gripe

Vacinas são realizadas na Área 2 para grupos de risco

© by Wagmar Alves

Começa vacinação na PUC GoiásComeça vacinação na PUC GoiásO Serviço de Atenção à Saúde (SAS) da PUC Goiás começou nesta segunda-feira, 16, a 20ª Campanha de Vacinação contra Influenza, que ocorrerá no Bloco A, da Área 2 (Praça Universitária). A meta é imunizar 5 mil pessoas até o dia 1º de junho dentro dos grupos de risco estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Como as doses de vacina são distribuídas de forma parcelada, o cronograma de imunização (ver abaixo) será executado de forma a atender aos grupos de risco, compostos por idosos, gestantes, puérperas, doentes crônicos e professores, em consonância com as normas da Superintendência de Vigilância em Saúde, Gerência de Imunizações e Rede de Frio do Estado de Goiás e Gerência de Imunização do Município de Goiânia.

No local, a vacinação é aberta à comunidade acadêmica e população em geral, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18 horas. Todos os participantes passam por triagem antes da aplicação da vacina tetra. Segundo a enfermeira do trabalho, Keid Gomes Lourenço, todo o trabalho será realizado pela equipe do SAS com o apoio de 16 estagiários de Enfermagem durante a semana. “Eles já foram treinados e vão colocar em prática todo o aprendizado”, explica ela. A funcionária do Laboratório da PUC, Tânia Lobo, foi uma das primeiras da fila no primeiro dia. Ela lida diretamente com o público e foi imunizada. “Além de trabalhar com saúde, tenho diabetes, então procuro me cuidar”.

Datas de vacinação e grupos atendidos:

16 a 20 de abril:  Idosos, trabalhadores de saúde e portadores de doenças crônicas (apresentar comprovação)

23 a 27 de maio: Gestantes e puéperas

30/04 A 11/05:  Professores (apresentar comprovação)14/05 a 01/06: Aberto a todos os grupos focais da vacina

Recomendações:

 Pessoas com alergia ao ovo de galinha (reação anafilática) devem procurar orientação médica.

 É necessário levar cartão de vacina para avaliação e atualização.

 Portadores de doenças crônicas precisam apresentar prescrição médica, especificando o motivo da indicação da vacina.

 Professores: deverão apresentar documento que comprove o vínculo (contra-cheque ou crachá)

O SAS orienta que, além da vacinação, outras medidas de prevenção podem ser adotadas:

1. Higienização das mãos antes de tocar mucosas (olhos, boca e nariz) e após espirrar;

2. Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

3. Indivíduos doentes devem manter repouso, alimentação balanceada e ingestão de líquidos adequada, além de evitar contato com outras pessoas em ambientes fechados e aglomerados;

4. Caso o indivíduo apresente febre, tosse, dor de garganta, falta de ar ou qualquer outro sintoma associado deve procurar atendimento médico para melhor avaliação.

Mais informações podem ser obtidas nos telefones: 3946-1054/1263.

  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (48)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (59)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (69)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (70)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (67)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (7)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (11)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (35)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (15)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (22)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (30)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (37)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (38)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (53)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (3)
  • 180416 - Vacinação Influenza H1N1 WA (71)

Fotos: Wagmar Alves