Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Serviço Social celebra aniversário com aula inaugural

Debate sobre a formação profissional marcou aniversário de 61 anos da graduação e de 11 anos do mestrado

© by Jota Junior

A discussão sobre os desafios da formação profissional em Serviço Social marcou o aniversário da graduação e do mestrado oferecidos pela PUC Goiás, nesta segunda-feira, 12, que chegaram aos 61 e aos 11 anos, respectivamente.

No período da tarde, docentes, mestrandos e representantes dos cursos da regional Centro Oeste da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (Abepss) se reuniram com a presidente da entidade, profa. Maria Helena Elpídio Abreu. A reunião ampliada ocorreu na Sala de Eventos da Área 1, na Praça Universitária.

À noite, no Auditório do Bloco G, na Área 1, a presidente da Abepss debateu os desafios da formação superior. Em sua fala, ela detalhou a formação profissional no ensino superior, apresentou os desafios da atual conjuntura e também as tendências no campo do ensino.

A coordenadora da graduação em Serviço Social, profa. Carmen Regina Paro, lembrou que o curso é pioneiro – foi o primeiro do Centro Oeste – e que se propõe a uma formação crítica, voltada para a emancipação humana. “Nosso curso registra nos seus 61 anos o compromisso com as lutas, os movimentos sociais que defendem a democracia, a liberdade e a justiça social”, ressaltou.

Já a coordenadora do mestrado em Serviço Social, profa. Denise Carmen de Andrade Neves, citou a oferta de cursos pela modalidade de ensino à distância como um “quadro preocupante” para a formação dos alunos.  Ela ressaltou ainda a qualidade do ensino ofertado pela PUC Goiás. “Vocês estão em uma universidade com um curso sério, comprometido a sua formação. O curso da universidade tem 61 anos e formou grande parte dos assistentes sociais em Goiás”, ressaltou.

Presente ao evento, a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, profa. Milca Severino, garantiu aos graduandos e mestrandos que a trajetória na universidade trará frutos no futuro. “Essa profissão é muito importante”, disse ao cumprimentar as coordenadoras dos cursos.

Contribuição

A presidente da Abepss, Maria Helena Elpídio Abreu, destacou o significado da trajetória de mais de seis décadas da graduação em Serviço Social da universidade. Ela frisou ainda a preocupação da PUC Goiás em debater a qualidade da formação em um contexto em que a educação é encarada como uma mercadoria. “Um curso com 61 anos extrapola a sua própria história enquanto unidade de ensino. Ele contribuiu e contribui para a construção de Serviço Social no Brasil. É motivo de muita alegria para a Abepss ter uma unidade de formação acadêmica com esse compromisso, durante tanto tempo”, afirmou.