Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Aula inaugural da Unati reúne centenas no auditório da Escola de Formação

Presidente executivo da Rede de Universidades da Terceira Idade (Rutis), o professor português Luis Jacob retornou à universidade especialmente para participar da programação

© by Wesley Cruz

A Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) da PUC Goiás realizou sua aula inaugural do semestre nesta segunda-feira, 5, com a presença do professor português Luis Jacob, presidente executivo da Rede de Universidades da Terceira Idade (Rutis).

Aos novatos e veteranos que lotaram o Auditório da Escola de Formação de Professores e Humanidades, no Setor Leste Universitário, Luis Jacob trouxe histórias e conceitos sobre o que chama de envelhecimento bem-sucedido. “É o tipo de envelhecimento que começa por podermos realizar nossos sonhos. Quem não sonha, não alcança”, frisou, enquanto contou histórias de portugueses que, em grupo, aprenderam grafite ou, sozinhos, gravaram o primeiro disco ou se apresentaram em um palco pela primeira vez quando idosos.

“A boa notícia é que a grande maioria das pessoas não vai ter grandes problemas de saúde. Dados mostram que apenas 20% dos idosos tem problemas muito sérios de saúde. Então é importante entender a importância de viver bem o período”, explicou.

Quem entende bem a questão é a professora aposentada Dativa Morais Bueno, 99, que está na Unati há mais de duas décadas. “Aqui é o lugar de ocupar o tempo, a mente, fazer amizades”, afirmou enquanto era apoiada pelas amigas ao lado. Para o semestre, escolheu a oficina de fisioterapia.

Papel social

Para além da formação continuada, a Universidade Aberta é um momento de integração. “A Unati tem o objetivo de integrar nossa universidade com uma camada da sociedade que, sabemos, é muito carente desse tipo de atividade”, explica a pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil (Proex). “Eles criam vínculos, fazem amizades. Estamos oferecendo uma oportunidade de melhorar a qualidade de vida”, justifica.

“É um dos projetos antigos da universidade, com mais de 25 anos e temos muita satisfação de iniciarmos mais um semestre”, disse a coordenadora do Programa de Gerontologia Social (PGS), professora Lisa Valéria Tôrres. Para o semestre, serão 15 disciplinas, com encontros semanais. Até esta quinta-feira, 7, o PGS, responsável pela Unati e outros projetos e atividades relacionadas ao estudo e assistência da pessoa idosa, promove uma série de atividades especiais na universidade.

  • 180305 - aula inaugural unati - wc (1)a
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (2)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (10)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (53)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (21)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (12)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (16)b
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (24)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (49)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (25)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (26)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (19)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (8)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (32)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (27)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (28)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (29)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (36)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (45)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (34)
  • 180305 - aula inaugural unati - wc (51)

Fotos: Weslley Cruz