Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Em série de eventos, programa discute papel da mulher

Estão previstas exposições, rodas de conversa e a presença em iniciativas alusivas à data

Em comemoração ao Dia Mulher, celebrado em 8 de março, o Programa Interdisciplinar da Mulher, Estudos e Pesquisa (Pimep) da PUC Goiás participa e promove extensa programação para discutir questões de gênero dentro e fora da universidade. Estão previstas exposições, rodas de conversa e a presença em iniciativas alusivas à data. “Queremos ampliar o debate em vários momentos e discutir, neste mês, questões referentes às mulheres. Vários aspectos precisam ser discutidos, como a dupla jornada, a violência, o papel do homem, entre outros”, explica a coordenadora do programa, profa. Luciene Falcão.

Nesta terça-feira, 6, ela e a coordenadora adjunta do Programa, Kênia Cristina, serão homenageadas no plenário da Câmara de Goiânia, no evento Mulheres de Expressão. A sessão especial em comemoração ao Dia da Mulher começa às 19h30, no Plenário Trajano Guimarães.   Já na quinta-feira, 8, às 18h30, o Pimep realiza a debate sobre o tema A violência doméstica: consequências e a superação, no Auditório da Área 1, no Bloco G, na Praça Universitária. O evento tem parceria com a Assembleia Legislativa e o projeto Semeando a Paz.

No mesmo dia, a partir das 18 horas, serão expostas as imagens do projeto Fotogravida, organizada pelas professoras Gislaine Gonzaga e Déborah Borges, no Hall do Auditório da Área 1, no Bloco G.  Na sexta-feira, 9, o Pimep participa da aula inaugural de Enfermagem que abordará a violência doméstica. O programação ocorre no Auditório da Área 4, na Praça Universitária, a partir das 8h30. As imagens do projeto Fotogravida serão expostas no Hall do Auditório.

No dia 16 de março, o programa realiza aula em parceria com a Liga de Humanização da Saúde, abordando a mulher na contemporaneidade. O evento será realizado na Sala 204, no Bloco C da Área 4. Já no dia 23 de março, o Pimep se junta ao Programa em Nome da Vida (PNV) e ao Programa de Estudos e Extensão Afro-Brasileiro (Proafro) para a roda de conversa Gênero e masculinidade. O local do encontro ainda será definido. De 26 a 30 de março, a exposição Fotogravida chegam ao Câmpus V.