Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Fapeg recebe propostas para fomento a startups

Serão investidos R$ 2,2 milhões para fomentar projetos de desenvolvimento de produtos

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) aposta no cenário de empreendedorismo e de recuperação da economia e oferece, por meio da Chamada Pública nº 08/21017, apoio financeiro para Microempreendedores Individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte emergentes de base tecnológica (startups), com sede no Estado.

No total, serão investidos R$ 2,2 milhões, para fomentar projetos de desenvolvimento de produtos – seja bens ou serviços – ou de processos inovadores que transformem ideias inovadoras em empreendimentos potencialmente sustentáveis, que incorporem novas tecnologias, que apresentem soluções, em setores econômicos ou sociais para Goiás.

O formulário eletrônico para a submissão de propostas está disponível no site da entidade, no sistema FAPEGestor. Os detalhes e condições para aporte estão especificados no edital.

O prazo de submissão das ideias inovadoras – etapa 1 – termina no dia 28 de fevereiro e a divulgação dos resultados no site da Fapeg, desta primeira fase, está prevista para o dia 8 de março. A capacitação oferecida pelo Sebrae aos selecionados na primeira etapa vai de 12 a 16 de março.

Recursos

O aporte de recursos para cada projeto de fomento beneficiado será de até R$ 55 mil para o MEI e de até R$ 105 mil para Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte. Estes recursos são de subvenção econômica, um instrumento de política de governo que aplica recursos públicos não reembolsáveis (não precisam ser devolvidos pelos empreendedores) diretamente em empresas, para compartilhar com elas os custos e riscos inerentes a tais atividades, já que são empresas pequenas e emergentes com pouco capital. O recurso será liberado conforme cronograma de trabalho aprovado e a disponibilidade orçamentária do Estado.

Seleção de propostas

A seleção será composta por duas etapas distintas e eliminatórias, desde a submissão/inscrição até a seleção das propostas aprovadas. Na primeira etapa será feita a apresentação, eletronicamente, das ideias inovadoras de maneira simplificada, quando serão avaliados os aspectos: oportunidade/desafio; a solução proposta e o seu estágio de desenvolvimento; o diferencial inovativo da solução; e o perfil do empreendedor evidenciado no currículo dos membros da equipe gerencial do projeto.

Na segunda etapa, será exigida a apresentação de um projeto de fomento para as propostas selecionadas na fase anterior. Tanto a ideia inovadora (etapa 1) quanto o projeto de fomento (etapa 2) deverão ser submetidos através de formulários eletrônicos específicos que ficarão disponíveis no sistema FAPEGestor. Na etapa 1 serão selecionadas, no máximo, 120 ideias, sendo no mínimo 20% de MEI. Na etapa 2, os projetos de fomento selecionados não poderão ultrapassar 70, sendo no mínimo 20% de microempreendedor individual.

(Com informações da assessoria de imprensa da Faeg)