Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Oficinas incentivam relação sustentável com meio-ambiente

Ações do Prosa fomentam sustentabilidade e preservação ambiental

© by Jota Junior

Realizado pelo Programa Ambiental e de Economia Solidária (Prosa) da PUC Goiás no último semestre, o projeto o Prosa na Casa Comum realizou oficinas em duas instituições e trabalhou, por meio das hortas sustentáveis, a conscientização dos alunos com relação ao meio ambiente, tornando-os multiplicadores em suas famílias e na comunidade local. A diretriz do trabalho foi o tema da Campanha da Fraternidade 2017 – Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida – e o lema Cultivar e guardar a criação.

Uma das instituições que receberam o projeto foi o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Recanto do Bosque. Cerca de 20 crianças e adolescentes ajudaram no plantio e na colheita de hortaliças e, na atividade final, aprenderam montar sanduíches com os alimentos. De forma lúdica, cada um criou seu próprio prato, numa experiência que teve como resultado diversos pratos visuais, com pães enfeitados com olhos e bocas imaginárias. “Tudo é feito de forma lúdica porque também consumimos com os olhos”, explica a professora Maria Isabel Dantas de Siqueira, do Programa Ambiental e de Economia Solidária (Prosa) da PUC Goiás.

A coordenadora do Prosa, profa. Helaine Resplandes, explica que “o objetivo maior de todo o projeto é a preservação ambiental, fazer com que a criança e o adolescente tenham essa consciência de utilizar tudo que o alimento oferece. Queremos tornar essas crianças mais preocupadas mesmo com o meio ambiente, tendo esse contato com a terra”. Para a coordenadora da unidade, Leda Silva Luz Barros, o projeto do Prosa é o reforço que o Cras precisava para impulsionar o projeto interno de horta comunitária. “Faltava conhecimento técnico, o que conseguimos com a universidade”, diz.

Atividades

Outras atividades formativas dentro e fora da universidade são desenvolvidas regularmente pelo Prosa, que tem seus projetos e atividades embasados em três eixos de trabalho: Educação ambiental, Planejamento urbano e ambiental e Economia solidária.