Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Em noite especial, Arqueologia comemora avaliação do MEC

Curso recebeu CC 5 do Ministério, sendo o único curso da área no Brasil com o conceito máximo

© by Jota Junior

O curso de Arqueologia da PUC Goiás comemorou hoje, em evento especial, a conquista do conceito máximo dado pelo Ministério da Educação (MEC). Reunidos no Auditório 3 da Área 2, no Setor Leste Universitário, gestores, professores, pais e alunos falaram sobre a importância da conquista.

“O cinco [conceito máximo atribuído pelo MEC, que varia de 1 a 5] significa muito. Foi conquistado a partir de um trabalho de longo prazo”, lembrou a coordenadora da graduação, professora Loriza Dantas.

Para a professora Eliane Lopes, diretora do Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia (IGPA), unidade responsável pelo curso, a avaliação marca a excelência alcançada na instituição. “É uma avaliação bastante criteriosa, então recebemos esse conceito com muita alegria”.

Com a conquista, o curso de Arqueologia da PUC Goiás passa a ser o único no Brasil com o conteito máximo atribuído pelo MEC. “É algo que coloca nosso curso no cenário internacional, como referência”, analisou a pró-reitora de Graduação, professora Sônia Margarida. “Agora é manter essa avaliação, o que ao meu ver é tranquilo, porque já temos todo o caminho trilhado”, completou a pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, professor Milca Severino.

Brilho no olhar

Os avaliadores do Ministério que visitaram a universidade para avaliar o curso deixaram registrado um ponto curioso: o brilho no olhar dos alunos. O fato foi destacado pela Reitoria e comentado pelos estudantes.

“Vou sair com o diploma de um curso que é nota cinco no MEC”, comemora a acadêmica Raíssa Caetano. “Posso dizer que no IGPA temos o diferencial da proximidade entre todos. Criamos vínculos que ultrapassam as barreiras acadêmicas”, completa a representante do Centro Acadêmico, Ana Carolina, ao tentar explicar o que pode ter feito os avaliadores do MEC enxergarem tamanho companheirismo. “Somos uma família”.

  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (1)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (6)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (13)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (14)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (20)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (25)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (32)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (34)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (39)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (43)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (53)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (58)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (61)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (65)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (66)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (70)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (72)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (74)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (82)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (93)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (94)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (97)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (105)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (107)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (109)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (119)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (126)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (130)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (136)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (138)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (142)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (146)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (151)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (162)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (170)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (173)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (177)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (182)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (186)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (198)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (205)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (207)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (210)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (215)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (218)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (223)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (230)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (231)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (233)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (239)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (243)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (250)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (251)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (253)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (256)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (263)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (266)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (271)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (277)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (282)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (283)
  • 171130 - comemoração de arqueologia (5 no enade) - JJ (287)
Fotos: Jota Júnior