Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

PUC Goiás recebe David Friedman para palestra gratuita

Forte expoente do neoliberalismo, o professor ministrará a palestra Future Imperfect: Revolutions That Might Happen

© by Divulgação

A PUC Goiás recebe nesta sexta-feira, 17, a palestra Future Imperfect: Revolutions That Might Happen (Futuro imperfeito: revoluções que podem acontecer, em tradução livre), com o professor PhD David Friedman, da Universidade de Santa Clara, nos EUA.

Inédita em Goiânia, a atividade é promovida pelo Instituto Liberdade e Justiça, com a coorganização do Sudents For Liberty Brasil, Clube Bastiat e Distrito Liberal, com o apoio da universidade, por meio da Escola de Gestão e Negócios e do Centro Acadêmico de Economia.

“É uma satisfação muito grande recebê-lo, também porque ele trará uma palestra um pouco diferenciada do que temos colocado na universidade”, explica o coordenador do curso de Economia da PUC Goiás José Vieira.

Defensor do free banking, sistema bancário inteiramente livre de regulamentações, David Friedman é filho do economista Milton Friedman, ganhador do Nobel de Economia. “Temos percebido que o ambiente universitário tem clamado por mais espaço para debates. As pessoas querem ouvir outras opiniões e outras maneiras de enxergar as situações”, defende Giuliano Miotto, presidente do Instituto Liberdade e Justiça (ILJ), criado no ano passado.

Em seu livro The Machinery of Freedom, Fiedman trabalhou o anarcocapitalismo, onde bens e serviços, incluindo a própria lei e ordem, podem ser produzidos pelo livre mercado. Controverso, o assunto deve ser um dos pontos discutidos pelo professor em sua visita. Formado em Harvard, PhD pela Universidade de Chicago e professor da Universidade de Santa Clara, Fiedman é autor de vários livros, dentre eles Future Imperfect e Law’s Order. É ainda articulista de vários jornais e conferencista internacional.

Realizado no Auditório da Área 4, no Setor Leste Universitário, o evento é gratuito e será iniciado às 19h30. Mais de 400 pessoas se inscreveram para a atividade.