Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Unati retoma Seminários Temáticos e anuncia novidades

A partir de agora, alunos mais participativos nos eventos serão recompensados

© by Jota Junior

Uma tarde para o compartilhamento de dicas sobre a saúde do corpo e da alma. Reunidos no Auditório 1C da Área 2, no Setor Leste Universitário, os alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) e os membros da Liga Acadêmica de Saúde do Idoso (LASI), ligada ao curso de Enfermagem, conversaram sobre a vida e compartilharam informações, dúvidas e desabafos sobre Coração forte e vida ativa.

“Está comprovado: quanto mais acumulamos sentimentos negativos, mais adoecemos. Ser saudável depende muito do nosso modo de viver, de ver o mundo”, explicou a professora Damiana Aparecida, da Escola de Ciências Sociais e da Saúde da PUC Goiás. “Atividades físicas e alimentação são importantes, mas, para ser saudável, é preciso mudar nosso jeito de viver, é preciso se amar”, completou.

Com o alerta, a turma seguiu o debate. Para a LASI, ficou a responsabilidade de falar sobre as doenças cardiovasculares e seus fatores de risco. Para começar, o grupo promoveu um momento de alongamento do corpo, seguindo com a palestra logo após. Os próprios alunos conduziram a atividade. “Para eles é algo importante, porque efetiva a atuaçaõ dos aluunos na área, na promoção da saúde do idoso”, destacou a professora.

Participação recompensada

A palestra foi a primeira de um ciclo que retorna agora à Unati. Pontualmente, às segundas-feiras, o projeto permanente de extensão terá aulas e debates com temáticas relacionadas à saúde da pessoa idosa. É o retorno dos Seminários Temáticos, atividade que reúne os alunos de todas as turmas do projeto. “Retornamos com a parceria das ligas acadêmicas que têm o idoso como tema de discussão”, explica a coordenadora do Programa de Gerontologia Social (PGS) da universidade, responsável pela Universidade Aberta, professora Lisa Valéria Vieira Tôrres.

Outra novidade com o retorno das atividades é a certificação por participação. Todos os alunos receberão certificados por cada encontro, algo já comum entre alunos de cursos de graduação. A partir do próximo evento, no dia 30 de outubro, os alunos da Unati receberão um cartão para facilitar o registro da frequência nos eventos. Ao final do ciclo de 12 meses, em outubro de 2018, haverá premiações para os mais participativos. “O evento de hoje inaugura também esse compromisso. O envelhecimento ativo é muito mais que sala de aula”, reforça.

Além dos prêmios, os alunos mais participativos terão prioridade na matrícula das oficinas. Até dezembro, os encontros já estão definidos. O próximo, no dia 30, discutirá o consumo de sal e açúcar no dia a dia do idoso e seu impacto na saúde. Os eventos serão sempre em segundas-feiras agendadas, às 14 horas, no Auditório 1C da Área 2.