Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Duas novidades marcam Vestibular Social da PUC Goiás

Candidatos poderão escolher curso de bacharelado em Educação Física e Direito noturno, ambos novidades para a universidade.

Até o dia 6 de outubro, estão abertas as inscrições do Vestibular Social da PUC Goiás com 3.220 vagas para 26 cursos de graduação e bolsas de 50% de desconto nas mensalidades. Criado em 2010 com enfoque nos estudantes com renda familiar limitada, o processo seletivo traz novidades para 2018/1: são vagas para o curso de Direito noturno, com exclusividade no Câmpus II da universidade, no Jardim Mariliza, e bacharelado em Educação Física, nos turnos matutino e noturno.

Para atender o público da região metropolitana, o curso de Direito com vagas para o Vestibular Social, que até então só funcionava no período Vespertino no Câmpus V, no Jardim Goiás, terá 400 novas vagas no Câmpus II, no Jardim Mariliza. O objetivo é ter um novo polo do Direito para a PUC Goiás e favorecer a população que mora mais distante. Os novos alunos seguirão a mesma grade curricular do curso e terão aulas com os mesmos docentes. E, a partir do 7º período, poderão ter aulas no Câmpus V no Núcleo de Práticas Jurídicas.

A novidade da Educação Física oferecerá a formação em bacharelado que possibilita a atuação em outros espaços que não voltados para a educação, como academias, clínicas e clubes. O objetivo é ampliar o leque de atuação profissional dos formandos da PUC Goiás. São oferecidas  60 vagas matutino e 60 vagas noturno. Com a novidade, o curso deve crescer em até 40% em número de alunos nos próximos anos.

Para atender a novidade, o curso já passa por mudanças e ampliações desde 2014, com ampliação dos laboratórios e contratação de novos docentes. A mudança no currículo é de cerca de 20% e a universidade oferecerá a possibilidade de, no futuro, os alunos acumularem graduação em licenciatura e bacharelado com o acréscimo de disciplinas.

Os candidatos podem se inscrever em duas modalidades no site, onde está disponível o edital do processo seletivo. Na Modalidade I, os alunos poderão utilizar as notas do Exame Nacional de Ensino Médio. O custo será de R$ 60,00 (sessenta reais), até o dia 6. Já para os candidatos da Modalidade II, que forem fazer a prova, no dia 7 de outubro, o valor da taxa será de R$ 60,00 (sessenta reais) até o dia 29 de setembro e, R$ 100,00 (cem reais) até o dia 6 de outubro.

As vagas do Vestibular Social são para 26 cursos de: Administração, Arqueologia, Biologia (bacharelado e licenciatura), Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Direito, Educação Física (bacharelado e licenciatura), Enfermagem, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Filosofia, Física, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Geografia, História, Jornalismo, Letras – Língua Portuguesa, Matemática, Pedagogia, Química, Serviço Social e Teologia. Atualmente, mais de 6 mil acadêmicos da instituição contam com o benefício.