Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Clínica Escola Vida realiza seu primeiro seminário

Evento teve como tema o desenvolvimento infantil e priorizou linguagem acessível à comunidade

Com o objetivo de compartilhar informações relevantes sobre o desenvolvimento infantil, a Clínica Escola Vida da PUC Goiás realizou na noite da sexta-feira, 15, seu primeiro seminário, no Auditório 1 da Área 2, no Setor Leste Universitário.

Com a participação de alunos, professores, profissionais da área pedagógica, mães e pais, o evento teve como foco a simplificação da linguagem, priorizando o formato de conversa. “A ideia é que a comunidade esteja presente, que não seja algo exclusivo aos profissionais”, destaca um dos responsáveis pelo evento, o psicólogo João Paulo de C. Maschio. “A PUC tem um serviço em parceria com o SUS, que é algo recente, mas muito bem estruturado. Nossa ideia de prestar serviços à comunidade vai também ao encontro de dar orientações”, completa.

“É uma temática extremamente desafiadora. Nos dias de hoje, a criança está no centro de tudo”, acredita o coordenador da Clínica Escola Vida, José Rodrigues.

Participação

Diretora da Escola Piaget, Maria Paula Fleury participou do evento acompanhada por parte da equipe da escola. “Para conseguir transformar a sociedade, precisamos nos transformar. Precisamos nos envolver mais, pensar mais a respeito”, diz. Ela também avalia a questão do autocuidado como prioridade na vida de um profissional da educação.

Outro participante foi o acadêmico de Educação Física Luiz Felipe Miranda, 23. “É uma oportunidade de adquirir conhecimento sobre um assunto muito importante, já que na licenciatura de educação física nós trabalhamos com crianças e ter uma base melhor, principalmente de outras áreas, ajuda a ter um olhar diferenciado e melhorar o desenvolvimento delas”, explica.

Para a acadêmica de Psicologia Gerusia Moura, 36, a discussão é fundamental para o profissional da área, o que a motiva. “Esse debate traz experiências de profissionais que já atuam na área o que nos ajuda a aprofundar o conhecimento dentro deste tema”.

 

Texto com a colaboração de Gabriel Araújo, estagiário de Jornalismo da Dicom/PUC Goiás.