Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Congresso discute o impacto da religião nos processos migratórios

Evento ocorre pela primeira vez no Centro-Oeste e tem a participação de pesquisadores de todo o país

A PUC Goiás recebe, entre os dias 13 e 15 de setembro, a 6º edição do congresso da Associação Nacional de Pós-Graduação em Teologia e Ciências da Religião (ANPTECRE). Realizado pela primeira vez no Centro-Oeste,  o evento ocorre na Escola de Formação de Professores e Humanidades (EFPH) e busca discutir a relação entre religião e migração no Brasil e no mundo.

Segundo o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da universidade, prof. Clóvis Ecco o tema é debatido pela primeira vez capital. “O que motiva é a influência da realidade dos haitianos no Brasil e, principalmente, dos povos do Oriente Médio onde a migração está fortemente ligada à religião”, explica.

Desde 2010, quando um terremoto atingiu o Haiti, milhares de pessoas vieram ao Brasil em busca de trabalho. O conflito na Síria também motivou a migração, colocando o país na rota de quem fugia do governo de Bashar al-Assad. Há ainda a crescente importância do turismo religioso, com peregrinações aos santuários religiosos do mundo, nas mais diversas religiões.

Programação

Ecco informa que o congresso terá a participação de 21 cursos de pós-graduação de todo o Brasil e de representantes da Organização das Nações Unidas (ONU). “Isso mostra a importância de discutir a migração com a ótica da religião”, reflete.

Na programação do congresso, estão previstas palestras, mesas-redondas, lançamentos de livros e apresentação de trabalhos. A abertura será às 19h30, no dia 13 de setembro, com a conferência A Dramática Situação dos Refugiados no Mundo, ministrada pelo representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Paulo Sérgio Almeida.

Veja a programação completa no site do evento.

(Texto: Gabriel Araújo, estagiário de Jornalismo da Dicom)