Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Novos alunos compartilham expectativas

Calouros e familiares foram recepcionados pela PUC Goiás; evento segue nesta sexta-feira (4)

© by Wagmar Alves

O desafio que começar um novo capítulo na vida acadêmica deu o tom da Calourada e do Encontro com as Famílias, realizados no Centro de Convenções PUC na noite desta quinta-feira, 3. Os eventos reforçaram os laços entre a instituição, as famílias e os alunos, visando uma formação de excelência para o mercado e para a vida.

A caloura de Arqueologia Beatriz de Carvalho, 19 anos, está experimentando os primeiros dias longe de casa. Ela trocou Brasília por Goiânia de olho em uma graduação que permita o diálogo com a área da História. “Gosto de pré-história e espero também melhorar enquanto pessoa com essa experiência (de ingressar na universidade)”, afirmou.

Beatriz estava acompanhada pelos pais, o funcionário público Edilson Carvalho, 57, e a vendedora Maria do Socorro Benigno, 58, que seguirão morando na capital federal. “Esse momento com as famílias é muito importante”, elogiou Carvalho.

Para a pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil da PUC Goiás, profa. Márcia de Alencar, a Calourada e o Encontro com as Famílias simbolizam “um grande pacto entre esses três sujeitos responsáveis pela formação acadêmico-profissional desses jovens.”

Ela analisa que essa aproximação pode reforçar o compromisso com o processo de aprendizado. “Mostramos aos alunos que a Reitoria está empenhada em oferecer um ambiente de convivência o mais saudável possível, cursos com a melhor qualidade possível, para eu possamos contribuir com a colocação, no mundo do trabalho, de profissionais qualificados e que consigam enxergar para além da sua formação”, enfatizou.

De mãe pra filha

Ao iniciar o curso de Enfermagem na PUC Goiás, a caloura Jackeline Freitas, 18, repete os passos da mãe, a assistente social Aure Lúcia Freitas, 57 anos, egressa da instituição, e do irmão mais velho, recém-formado em Engenharia Civil. “Quis que ela estudasse na PUC porque sei da qualidade do ensino, que dá um diferencial ao currículo”, comentou, enquanto aguardava o início dos eventos ao lado da filha.

Aos 40, na universidade

A caloura Devani Maria Silva, 40, precisou enfrentar as próprias dúvidas para entrar no Ensino Superior. Primeiro, em relação aos cursos. O gosto por “ajudar as pessoas”, segundo ela, fez a balança pender para o lado do Serviço Social, que disputava a “vaga” com Educação Física. “Tenho muita expectativa (em relação ao curso). Acho que vai me trazer muita experiência de vida, talvez seja um divisor de águas”, filosofa.

Enquanto aguardava o início dos eventos, ela conheceu a também caloura Suzana Rodrigues Carneiro, 19, ingressante em Química. Juntas, elas já sonhavam com uma vaga no mercado de trabalho, após o término do ensino superior. “A expectativa está ‘a mil’. O curso pode mudar minha vida”, analisou.

Segundo dia

A programação da Calourada segue nesta sexta-feira, 4, para os novos alunos, em seus respectivos horários de aula (7 horas, 13h30 ou 18h45), com informações sobre o curso e a profissão que escolheram. As atividades foram especialmente preparadas pelas coordenações dos cursos de graduação da universidade. O acadêmico poderá consultar a programação e o local de encontro na secretaria de sua escola. Ao todo, a PUC Goiás tem dez escolas, que reúnem 43 cursos de graduação.