Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Nas páginas da editora

Produções de grande profundidade passam a ser compartilhadas dentro e fora do meio acadêmico

© by Weslley Cruz

Dissertações, teses, artigos e boas histórias saem do domínio dos autores para ganhar as prateleiras de livrarias do Brasil e do exterior a partir do trabalho das editoras universitárias. As publicações de acadêmicos e docentes selam o compromisso da universidade com o conhecimento científico e com a cultura brasileira e registram a maturidade da produção de cada instituição.
No Brasil, o mercado editorial publicou o ano passado 447 milhões de exemplares, vendeu 389 milhões e faturou R$ 5,23 bilhões, segundo estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), para a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel).
Entre as publicações produzidas estão os livros das editoras universitárias. Entre elas, a Editora PUC Goiás, com 30 anos de experiência no mercado. Enquanto a crise bate a porta das livrarias e há um decréscimo no número de leitores e livros lidos no país, as publicações do meio universitário mantém o fôlego e têm público garantido.
Em 2015, a Editora PUC lançou 52 títulos inéditos e continua a colocar no papel as produções de docentes e acadêmicos da instituição (ver quadro), entre pesquisas, romances e até livros infantis. “As editoras universitárias primam pela publicação dos conteúdos de pesquisas. Apesar de todos os obstáculos deste segmento, ainda há um considerável número de produção no Brasil”, explica a professora Nair. O segmento universitário publicou de 45 milhões de exemplas, ainda segundo o estudo da Fipe.
Dentro das editoras universitárias, o cuidado com o conteúdo e o acabamento é primordial e acompanha todas as publicações. Todos os futuros livros passam, inicialmente, pelo Conselho Científico. Depois de aprovado, seguem para o Conselho Editorial. Só depois o material é editado, revisado e impresso.
Cada livro recebe um tratamento diferente, desde a capa até o miolo, passando pela encadernação. “O autor avalia em todas as etapas”. A pré-impressão considera a diagramação, a arte da capa, entre outros aspectos. A equipe atual da Editora PUC é permanente e tem diagramação, design gráfico e revisão. Depois da entrega, a distribuição é responsabilidade do autor. No caso da Editora PUC, há o apoio da livraria, que oferece grande parte do acervo.

Autoria
Entre as preocupações, aspectos éticos e a profundidade da informação. “Olhamos a questão da propriedade intelectual para se evitar cópias. Quando se publica um livro precisa-se de um conselho científico para fazer a análise da importância e da substancialidade daquele conteúdo, além de olhar se este conteúdo responde uma pergunta na área da pesquisa e se esse escrito mantém a autoria”, explica ela.