Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Aulas inaugurais abordam desafios da carreira

© by Wesley Cruz

As aulas inaugurais dos cursos de Engenharia de Alimentos, Ambiental e de Produção, foram marcadas pela participação de profissionais atuantes na engenharia. Eles compartilharam suas experiências profissionais e instigaram os alunos a buscar crescimento e trabalharem em suas carreias desde o início do curso. As aulas foram proferidas na manhã de hoje, 24, em três auditórios das áreas 2 e 3 da PUC Goiás.
De acordo com a coordenadora do curso de Engenharia de Produção, Maria Vásquez, o tema principal da aula é mercado de trabalho e vida acadêmica e tem como objetivo mostrar diferentes trajetórias de profissionais da área. “A importância é de motivar os alunos para qualificar, pois não é só em sala de aula que se aprende. Congressos, palestras e programas de treinamento ajudam os estudantes a obterem maior inserção no mercado”, explica Maria.
Os alunos aprovaram a iniciativa de trazer egressos da universidade e pessoas conectadas ao mercado de trabalho para compartilharem suas histórias. “É sempre bom estar em contato com profissionais da área, eles proporcionam conhecimento para me preparar e focar na área de atuação desejada. Principalmente na indústria, que é uma área tão vasta”, explica o estudante do 2° período de Engenharia de Alimentação, Alan e Sá Pereira.
O coordenador do curso de Engenharia Ambiental, Osmar Mendes Ferreira, ressalta a importância de conectar egressos e calouros. De acordo com ele, são em eventos como estes, nas aulas inaugurais, que os estudantes têm contato com a amplitude da área de atuação de um engenheiro ambiental. O fato de ter egressos da instituição envolvidos nas aulas inaugurais também é visto por Osmar como um aspecto positivo.
“Quando temos a felicidade de envolver egressos no diálogo com os novos estudante, é melhor ainda. Ele pode contar a história da sua passagem pela instituição, da importância da grade curricular em sua formação e dos desafios enfrentados no mercado”, diz o coordenador de Engenharia Ambiental.