Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

LAAFE promove simpósio de Anatomofisiologia

Primeira edição do evento serviu também como curso introdutório para a Liga Acadêmica

© by Umaitá Pires

Ligada à Escola de Ciências Sociais e da Saúde da PUC Goiás, a Liga Acadêmica de Anatomia e Fisiologia para Enfermagem (LAAFE) promoveu nesta sexta-feira, 9, a primeira edição do Simpósio de Anatomofisiologia dos Sistema Nervoso Central. O evento reuniu cerca de 300 participantes de 20 instituições no Auditório da Área 4, no Setor Leste Universitário.

Servindo também como curso introdutório para os acadêmicos que farão a prova da Liga na próxima semana, o Simpósio teve, entre seus temas, a avaliação de circunstâncias por parte de profissionais de saúde – uma das atitudes que, em atendimentos emergenciais, pode fazer toda a diferença.

“A cinemática do trauma deve ser considerada toda vez que houver troca de energia”, explicou o professor dr. Silvio José de Queiroz, ao falar do ramo da mecânica que estuda o movimento de corpos. O palestrante, que trabalha com emergências desde a década de 1990, representou o Conselho Regional de Enfermagem de Goiás (Coren GO) no evento.

Para que o profissional consiga fazer a avaliação, as informações fornecidas pelo socorrista que estava na cena são fundamentais. “Elas irão ajudar muito no atendimento intrahospitalar. É possível prever muitos dos casos. Nesse tipo de atendimento, cada minuto perdido reflete em um prognóstico ruim”, acrescentou o palestrante.

Outros temas, como intervenções médicas, também foram abordadas durante o evento. “Para o enfermeiro intervir, ele precisa entender de anatomia e fisiologia”, ressalta a presidente da Liga, Déborah Evelyn Gomes.

Apoiando o simpósio, a coordenação do curso fez questão de ressaltar a importância das ligas acadêmicas para a formação dos alunos. “As ligas são um grande diferencial na vida de qualquer aluno. Parabenizo toda a equipe por um evento como esse, com uma temática tão fundamental para a nossa profissão”, destacou a professora Vanusa Claudete.

Além da coordenação e do Centro Acadêmico (C.A.) do curso, o evento contou com o apoio de diversas entidades. Cerca de 20 instituições estiveram representadas pelos quase 300 participantes. Com o sucesso da atividade, a LAAFE planeja promover atividades formativas a cada semestre, abrindo as discussões para todos os públicos interessados.