Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Semana Científica de História é aberta com conferência sobre a vida e obra de Heródoto

Evento recebeu a tradutora, pesquisadora e professora Maria Aparecida de Oliveira Silva

© by Wagmar Alves

Considerado o pai da história, Heródoto (século V a.C.) tem importância fundamental no entendimento do mundo antigo. Isso porque sua obra, Histórias, atualmente dividido em nove livros, é fundamental para o entendimento da vida antes de Cristo. “Heródoto representa um momento de expansão, de riqueza do mundo grego. É considerada a primeira obra escrita em prosa e a primeira que vai fazer um relato do outro”, frisa a historiadora, professora e tradutora Maria Aparecida de Oliveira Silva, que ministrou a conferência de abertura da 4ª Semana Científica de História da PUC Goiás.

Responsável por uma nova tradução, diretamente do grego, de Histórias (Editora edipro), a estudiosa também é a tradutora de obras de Aristóteles e Plutarco, além de ser professora visitante do Programa de Pós-Graduação em Letras Clássicas (FFLCH/USP). “Os alunos já a conhecem pelo menos de nome, e agora têm essa oportunidade. É uma das tradutoras da língua clássica mais competentes que temos hoje”, destaca o organizador do evento, professor Ivan Vieira Neto.

“Heródoto foi o primeiro a conceber um método para descrever o momento histórico de seu tempo”, ressalta a pesquisadora. De fato, sua obra foi considerada uma inovação logo após ser publicada. “Ele tem ouvinte e tem leitor”, explica, sobre o momento representado pelo historiador. Antes, a cultura grega teve entre 600 e 700 anos sem o registro escrito, iniciado com a Ilíada, poema épico de Homero.

Semana Científica

Realizada pelo curso de História da Escola de Formação de Professores e Humanidades (EFPH) da PUC Goiás até sexta-feira, 9, a quarta edição da Semana Científica de História conta com conferências, minicurso, mesa-redonda, defesas de monografias. “É um evento modesto e que nós nos esforçamos para proporcionar uma integração entre as produções de docentes e discentes”, ressalta o professor Ivan Vieira. A programação completa pode ser vista neste link.

Histórias

Em sua primeira edição, a tradução de Maria Aparecida de Oliveira Silva para Histórias começou a ser publicada em 2015. Atualmente, o terceiro livro – do total de nove – está sendo finalizado, e deve ser publicado já na primeira metade de 2017. Sobre a tradução, a professora explica que se dedicou a ser fiel e trazer notas de rodapé que contribuíssem não só para a compreensão dos livros, mas que contextualizassem o período e contribuíssem para a discussão de professores.

Saiba mais sobre a tradução de Histórias, de Heródoto, no site da editora.