Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Conferência discute papel da universidade como mediadora de novas práticas para a velhice

Evento recebe palestrantes nacionais e internacionais para várias palestras e mesas redondas

© by Weslley Cruz

O diretor do Departamento de Atenção ao Idoso do Ministério da Cidadania, Leonardo Milhomem, realiza a palestra inaugural da IV Conferência Científica Internacional de Projetos Educativos para Seniores, que será realizada nos dias 3 e 4 de outubro no auditório da Escola de Formação de Professores e Humanidades da PUC Goiás, a partir das 9 horas. Leonardo vai falar sobre o tema Envelhecimento, educação e sociedade.

Na sequência, será realizada a abertura com o tema A velhice – “coisa” do interesse humano: um olhar a partir da Educação, que será proferida pelo professor doutor do Departamento de Teoria de Educação, Expressões Artísticas e Educação Física da Universidade do Minho-Braga, Portugal, António Camilo Cunha. Durante os dois dias serão realizados diversos painéis de discussão de temas sobre o idoso.

A Conferência tem como tema geral A Universidade como Mediadora de Novas Práticas na Velhice. O evento contará com a participação de palestrantes do Brasil e do exterior, que promoverão uma discussão sobre a velhice, tendo a universidade como espaço mediador para reflexões sobre as práticas, enquanto ações voltadas a três eixos: educação para o bem-estar, educação para a sustentabilidade, e educação para o empreendedorismo.

A realização do evento é da PUC Goiás, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Apoio Estudantil (Proex), Coordenação de Extensão (Cdex) e pelo Programa de Gerontologia Social (PGS), em parceria com a Associação Rede de Universidades Abertas à Terceira Idade de Portugal (RUTIS) e Rede Internacional de Projetos Educativos para Pessoas Acima de 50 (RIPE+50).

Mais informações sobre como participar do evento pelo fone: 3946-1339 e 1175 ou pelo e-mail: ripe50.gynbrasil@gmail.com e lisavaleria.pucgoias@gmail.com.

(Texto: Eliani Covem/ Assessoria de Imprensa da Proex)