Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Simpósio Informe-se é aberto no Teatro PUC

Evento comandado por estudantes de Jornalismo possibilita encontro do corpo discente com profissionais da área

© by Wagmar Alves

Uma oportunidade para conhecer os jornalistas que um estudante admira e, ao mesmo tempo, perceber que todos os desafios, dúvidas e angústias vividas atualmente na academia fazem parte do processo de formação e definição de carreira de qualquer profissional. Protagonizada pelo Centro Acadêmico, com respaldo da coordenação do curso de Jornalismo, a 6ª edição do Simpósio Informe-se foi aberta na manhã desta terça-feira, 17, no Teatro PUC (Câmpus V), com o intuito de reunir o corpo discente para discutir as práticas jornalísticas.

O destaque da programação no turno matutino foi a presença do repórter da Globo News, Nilson Klava, egresso da PUC Rio, que partilhou sua experiência cotidiana na cobertura política e seu papel na apuração dos fatos para levar uma informação de qualidade ao telespectador. Durante um bate papo aberto aos acadêmicos, ele ressaltou a relevância da isenção do repórter na cobertura dos fatos, mostrar os possíveis lados da história e, no caso do jornalismo político, ouvir a base, a oposição e o centro para contextualizar a declaração das fontes e, assim, “não perder o termômetro do Congresso”.

Após responder dúvidas dos participantes do Simpósio, deixou uma mensagem de incentivo: “não desanimem, encontrem o que vocês gostem de cobrir, porque, se o trabalho é genuíno e feito com amor, as pessoas vão perceber. Estarei na torcida por vocês”, finalizou.

Outro ponto forte do evento está nos bastidores. Para acolher os 394 inscritos, receber palestrantes e cuidar de todos os detalhes foi preparada toda uma logística e o protagonismo ficou por conta dos estudantes que, além da carga horária acadêmica e laboral, assumem o compromisso de organizar o Simpósio. Para o presidente e o secretário geral do Centro Acadêmico de Jornalismo da PUC, Igor Afonso de Souza e Carlos Willton, a experiência de preparar o evento possibilita um novo olhar para a profissão e, também, para o estudante.

“Traz uma contribuição, principalmente, na área de assessoria, seja pela divulgação do evento e contato com as fontes. Tem a parte da formação humanística, de pensar no bem-estar do estudante e na sua experiência de trocar ideias com um profissional que ele admira. É um trabalho árduo, mas muito prazeroso”, ressaltaram. Outro fato que chama atenção é que as inscrições foram gratuitas e, em contrapartida, a comissão organizadora arrecadou dos participantes produtos de higiene bucal que serão encaminhados ao Hospital Araújo Jorge após o evento. Os participantes também concorrem a um sorteio, cujo prêmio é um ensaio fotográfico.

Para o coordenador do curso, prof. Antônio Carlos Borges Cunha, um dos desafios na qualificação dos futuros jornalistas é tratar questões de base teórica que vão dar um respaldo na formação prática, diante de uma realidade cada vez mais complexa. “Faz parte da formação, é um desafio grande e penso que isso reforça uma leitura cuidadosa: debatemos o que está sendo produzido, mas o que estamos produzindo também. E ver essa leitura nas perguntas e indagações dos alunos no auditório é muito gratificante”, refletiu o docente.

Programação
O evento continua nesta terça-feira, 17, com workshop da profa. Beza Morais sobre técnicas de leitura em línguas estrangeiras, e, mais tarde, às 19h30, ocorrerá a palestra O sucesso dos Podcasts, que será proferida por Rodrigo Viseu, seguida pelo debate Jornalismo em instituições públicas, que será conduzido por Vassi Oliveira.

Nesta quarta-feira,18, a programação do turno matutino será aberta às 8 horas com exposição de trabalhos da Disciplina de TV e Rádio; das 9h35 às 10h40, as âncoras Mariana Martins, Adriana Bueno, Danila Bernardes e Claudiane Rodrigues participam de uma conversa sobre o papel da mulher no Jornalismo. Em seguida, Flávio Sabugo e Jayme Diogo falam sobre as mídias digitais. Das 14h às 17 horas será realizado um workshop de vídeo e duas atividades encerram a programação do evento no turno noturno: às 19h30, Flávia Popov, Mayara Carvalho e Lara Guerreiro participam da roda de conversa Do impresso ao on line, a evolução da escrita e, a partir das 20h50, Vinicíus Sassine discorre sobre Jornalismo Impresso.

  • 190917 - Informe-se WA (10)
  • 190917 - Informe-se WA (5)
  • 190917 - Informe-se WA (12)
  • 190917 - Informe-se WA (14)
  • 190917 - Informe-se WA (15)
  • 190917 - Informe-se WA (2)
  • 190917 - Informe-se WA (16)

Fotos: Wagmar Alves