Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

PUC Goiás recebe medalha durante Troféu Jaburu

A Cia de Dança Noah e professora do Mestrado de Letras foram homenageadas

A PUC Goiás foi uma das premiadas no Troféu Jaburu 2019, entregue nesta quinta-feira, 29, no Palácio das Esmeraldas, pelo Conselho Estadual de Cultura. A universidade recebeu a medalha cultural pelo trabalho de engrandecimento da cultura no estado a partir da formação e dos programas voltados para a cultura. A medalha foi entregue à vice-reitora professora Olga Ronchi.

Criada em 1959, a universidade tem desde a sua origem uma preocupação com a preservação do patrimônio cultural e artístico e também foi pioneira em Goiânia na formação de artista a partir da Escola de Belas Artes, que hoje se tornou a Escola de Artes e Arquitetura. Vários artistas foram formados ou trabalharam na PUC Goiás, como Frei Confaloni e Ana Maria Pacheco. “Participamos ativamente na formação do patrimônio e na sua preservação”, afirmou professora Olga.

Além disso, ela citou o trabalho da Coordenação de Arte e Cultura, criada nos últimos 20 anos, e que mantém diversos projetos voltados para a comunidade, com aulas e espetáculos. “Temos diversos projetos de grande alcance, que contribuem com a formação cultural e estética do nosso povo, do teatro e da dança”, disse representante da homenageada da noite.

A universidade ainda recebeu homenagem com o Diploma de Destaque Cultural do Ano para a Cia de Dança Noah, recebido pela coordenadora de Arte e Cultura da PUC Goiás, professora Beth Barros, e para a professora doutora Maria Fátima Gonçalves, coordenadora do Mestrado em Letras da PUC Goiás, pela sua contribuição à literatura goiana. Ela foi representada pelo filho Everaldo Júnior, engenheiro civil e mestrando.

O trabalho da Cia de Dança Noah foi reconhecido pelo Conselho Estadual de Cultura. São 38 espetáculos de dança em 22 anos de trabalho e a formação de mais de 1000 bailarinos. “É um privilégio receber esse reconhecimento, sinal de que a linguagem da dança tem reconhecimento em todo o estado de Goiás, em todos os setores, todas as personalidades que nos prestigiaram nesta noite de homenagens”, afirmou Beth Barros.

A solenidade foi realizada na Sala de Cultura Gercina Borges do Palácio das Esmeraldas, em Goiânia. As premiações foram entregues pela presidente do Conselho, Nancy Ribeiro de Araújo e Silva, e pelo secretário de Cultura de Goiás, escritor Edival Lourenço de Oliveira. Receberam o Troféu Jaburu o fotógrafo Hélio de Oliveira (2019), o ator e diretor Mauri de Castro (2018) e o Jaburu Especial – Cinquentenário do Conselho Estadual de Cultura de Goiás, entregue ao escritor Luiz Fernando Valladares.

  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (2)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (4)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (7)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (10)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (13)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (16)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (18)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (19)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (20)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (21)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (22)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (23)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (24)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (37)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (38)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (40)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (42)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (50)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (52)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (62)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (71)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (74)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (85)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (88)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (90)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (99)
  • 190829 - Solenidade Prêmio Jaburu WA (101)

Fotos: Wagmar Alves