Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Publicado em:

Estudantes são homenageados em sessão especial da Alego

Membros de diferentes fases do movimento estudantil, pesquisadores e graduandos receberam certificados de mérito legislativo em referência ao Dia do Estudante (11 de agosto)

© by Weslley Cruz

Em homenagem ao Dia do Estudante, 11 de agosto, a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) realizou ontem, 15, sessão especial extraordinária, com a participação de estudantes, egressos e professores que marcaram e marcam a luta em favor da educação em Goiás.

Os certificados de mérito legislativo foram entregues diante das centenas de pessoas presentes no plenário da casa, que ficou lotado. Entre os homenageados, muitos estudantes, pesquisadores e egressos da PUC Goiás, que partilharam anos de luta no movimento estudantil no estado. “O movimento estudantil é uma escola. É muito bom ver que a luta não é em vão”, afirmou o mestrando em História Felipe Silva de Freitas, 24, homenageado ao lado dos colegas Júlia Silva Machado, 24, e Tales Damascena de Lima, 24. “No movimento, tudo sempre é feito sem esperar esse retorno de reconhecimento. É uma luta diária que só quem vive conhece, que entende de verdade, mas é muito gratificante estar vivendo esse momento aqui com dois colegas”, explicou Júlia. “A história no movimento estudantil não começa recente. No meu caso, vem da adolescência, do grêmio do colégio, da base mesmo. Hoje, meus alunos me olham como espelho, como um negro, de região periférica, de escola pública e que hoje está recebendo uma homenagem na Assembleia Legislativa. Então, me sinto honrado, acaba sendo uma motivação”, exclama Tales.

Para o representante do Centro Acadêmico do curso de Serviço Social, Igor de Oliveira Rocha, 22, a homenagem foi recebida em nome do coletivo, tendo sua história refletida no engajamento em busca de mais qualidade de dignidade para estudantes e trabalhadores. “Me sinto privilegiado, mas recebo em nome do coletivo. Historicamente, o movimento estudantil sempre esteve presente na luta por direitos como protagonista. Entendo que isso faz total sentido por conta do perfil do estudante, alguém que tem o vigor que precisamos, aliado com conhecimento teórico e prático”, considerou. Já graduado, mas ainda atuante no movimento, o egresso em Engenharia Civil Laercio Neto também refletiu sobre o papel decisivo do estudante na história do país. “Quando vemos retrocessos, não podemos simplesmente nos retirar da luta. Então me faço presente dando apoio e trocando experiências com a juventude que agora está onde eu estive nos movimentos de luta”.

Na casa legislativa, a iniciativa foi do deputado Karlos Cabral (PDT), que definiu a sessão como “uma noite histórica, onde cada um, cada uma, no seu tempo e espaço, contribuiu com a construção das lutas e marcos estudantis em Goiás”. A solenidade ainda contou com representantes estudantis, professores e representantes governamentais.